MENU

Ubisoft confirma Splinter Cell: Blacklist para Wii U

Anime Jungle Party 2013 leva cultura geek à Manaus

Fim do MSN desata ciberataques

não-tente-baixar-msnDepois que a Microsoft anunciou o fim do mais famoso serviço de mensagens instantâneas, o MSN Messenger, substituído pelo Skype, uma onda de ciberataques partindo de endereços maliciosos passaram a explorar o tema do fim do programa. Ok, até aqui “tranquilo”, o problema é que em sua grande maioria, são brasileiros.

Os cibercriminosos brazucas não perderam tempo e vários domínios maliciosos foram criados, incluindo a compra de links patrocinados no Google para aparecer em primeiro lugar nas pesquisas relacionadas ao MSN Messenger, e, com isso, infectar usuários que procuram baixar o programa
fim-msn-ciberataques
Quando o internauta clica no link é oferecido um programa (malware), não autorizado, que na verdade é um Trojan bancário e, de acordo com Fabio Assolini, analista sênior da Kaspersky Lab, nesse tipo de ciberataque se programa falso é baixado e instalado vai fazer várias alterações no sistema operacional do usuário. “Uma delas é tentar remover programas antivírus usando uma ferramenta chamada Avenger. Esta é uma técnica antiga que tem sido utilizado nos Trojans bancários desde 2007″, disse Assolini.
virus-msn
Ainda segundo o analista, vários domínios maliciosos já foram identificados e desativados.

Fim do MSN deixa muitos usuários “orfãos”

Recentemente, a Microsoft informou que o serviço [MSN Messenger] teria mais de 100 milhões de usuários em todo o mundo. Segundo a ComScore países como Brasil, México, Argentina, Colômbia, Chile, Peru e Venezuela estão entre os países com maior número de usuários no mundo.
msn-100-milhões-usuários-mundo
Comentários
Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on Google+Share on FacebookEmail this to someone

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>