Aldebaran de Touro | O cavaleiro brasileiro

Autor

Categoria

Compartilhe

Em Os Cavaleiros do Zodíaco, os protagonistas da história são os cavaleiros de bronze, mas são os de Ouro que sempre roubam a cena.

E não dizem por aí que em todo canto tem brasileiro? Pois é, o Aldebaran de Touro está aí pra provar que com Os Cavaleiros do Zodíaco não poderia ser diferente.

adebaran-de-touro

Conhecido por ser superior aos demais cavaleiros, em termos de força e resistência, Aldebaran de Touro é o representante do Brasil no anime! Sim, é verdade. Ele nasceu e foi treinado aqui nas terras tupiniquins.

Agora que você sabe que temos um representante em meio aos guerreiros de Masami Kurumada, que tal conhecer um pouco mais sobre o único cavaleiro brasileiro?

Quem é Aldebaran de Touro, o cavaleiro brasileiro?

Aldebaran de Touro é brasileiro. Contudo a localização exata de sua origem ainda é um mistério. Conforme a biografia d’Os Cavaleiros do Zodíaco, especula-se que ele tenha nascido em Belém do Pará, no dia 8 de Maio.

Essa evidência foi reforçada após ter sido lançado o jogo de tabuleiro Saint Seiya DX4 – Aratanaru Seisen, da década de 1980. No jogo, um mapa indica o local de nascimento de alguns personagens.

Se transferirmos para o mapa em escala, a marcação ficará na capital Paraense. Lógico que isso pode ter sido uma escolha aleatória, mas tudo indica que seja oficial.

 aldebaran-cavaleiros-do-zodiaco

Aldebaran tornou-se cavaleiro ainda criança com o intuito de vingar a morte de seu pai e, apesar da aparência “assustadora”, é extremamente amigável e sentimental, além de ser um dos principais personagens da série de Kuramada.

Porém, devido à sua curta participação e derrotas consecutivas, é considerado um cavaleiro injustiçado, que não teve todo o seu potencial explorado.

Resumo da participação do cavaleiro na série

Durante os momentos em que apareceu na saga, Aldebaran demonstrou muito respeito pelos Cavaleiros de Bronze, após ver a determinação com que lutavam.

– Sua primeira aparição foi na Batalha das Doze Casas, quando os Cavaleiros de Bronze tentam passar pela Casa de Touro. Ele consegue deter os quatro Cavaleiros de Bronze, mas já desconfiado do Santuário, permite que os Cavaleiros passem após ser derrotado por Seya e ter um dos chifres da armadura quebrado por ele. Falando nisso, que tal ver o episódio no qual essa batalha foi travada:

– Com o despertar de Poseidon, Aldebaran sofre ao deter a invasão do marina Sorento de Sirene, cuja técnica impede que ele use toda a sua força (no anime, que possui a Saga de Asgard, quem enfrenta o Cavaleiro de Touro são os gêmeos Shido e Bado. E vale dizer que, mesmo afetado pela técnica do Marina, a determinação de Aldebaran garantiu um bom desempenho);

aldebaran-cavaleiros-do-zodiaco– Em Hades, morre ao ser atacado pelo espectro Niobe de Deep, cuja técnica é mortal (mas Aldebaran ainda consegue matar o espectro);

– No Inferno, desperta o Oitavo Sentido ao receber o chamado das Armaduras de Ouro e sacrifica-se junto de seus companheiros, no Muro das Lamentações;

– Tem sua alma trancada, como castigo dos Deuses do Olimpo.

Habilidades de Aldebaran

Utilização do Cosmo: Sendo um Cavaleiro, Aldebaran de Touro utiliza o Cosmo como sua fonte de energia. Mesmo tendo seu Cosmo reduzido a 1%, Aldebaran conseguiu derrubar Sorento com seu Grande Chifre e impedi-lo de avançar até os Cavaleiros de Bronze. Além disso, ainda domina o chamado sétimo sentido.

Arayashiki: Consegue manter seu estado animado e racional, mesmo após a morte, demonstrando seu domínio sobre o oitavo sentido e podendo assim se movimentar livremente no mundo dos mortos.

Capacidades sobre-humanas: Por ser da patente de Ouro, suas capacidades são superiores à dos Cavaleiros de Bronze e Prata, podendo se mover e atacar na velocidade da luz.

O brasileiro Aldebaran nocauteou facilmente três Cavaleiros de Bronze com um único movimento enquanto era atingido pelos Meteoros de Pégaso, de Seiya. Também com um único golpe, fez Seiya atravessar paredes da Casa de Touro.

Na luta contra Sorento, Aldebaran também mostrou muita resistência física resistindo aos violentos ataques Sinfonia Final da Morte e Clímax Final da Morte do marina.

A partir dessas skills, podemos especular números e atributos do cavaleiro brasileiro:

 aldebaran-de-touro-brasileiro

Técnicas Especiais de Aldebaran

Grande Chifre (Great Horn): Uma das mais poderosas técnicas das Doze Casas. Aliando ataque e defesa em sua postura, o Cavaleiro de Touro acumula o cosmos por todo o seu corpo (e não apenas nas mãos, como normalmente era visto).

Já preparado, deixa a postura de defesa para realizar um rápido movimento que libera todo seu poder. A postura utilizada por Aldebaran se assemelha ao Iaijutsu (golpe rápido de espada desferido em guarda).

Nessa técnica, o cavaleiro coloca-se com os braços cruzados, ficando em posição de defesa, assim como um samurai aguardando o movimento de ataque do adversário. E no momento em que o rival se prepara para golpear, Aldebaran transfere um poderoso golpe com sua mão oposta, antes mesmo do oponente concluir seu movimento, pulverizando tudo o que está em seu caminho.

Só que este golpe possui um ponto fraco. Ao descruzar os braços para atacar, em uma fração de segundo, seus pontos vitais ficam expostos. Foi assim que Seiya de Pégaso o venceu.

Punho de Aço (Steel Punch): Golpe usado apenas no Episódio G. Aldebaran combina sua força física descomunal com seu cosmo, podendo com apenas um soco, causar grandes danos ao oponente;

Esquiva Ilusória (Mirageshun): Esse golpe aparece apenas no mangá, quando Aldebaran enfrenta Sorento de Sirene. Trata-se de uma técnica defensiva em que o cavaleiro se esquiva do golpe inimigo, mas cria uma ilusão fazendo com que o adversário pense ter logrado êxito.

A armadura de ouro de touro

 aldebaran-de-touro-brasil

Assim como outras nove armaduras de ouro, a de Aldebaran de Touro tem seu estilo dominado por peças de formato arredondado e ornamentada com espirais vitruvianas em alto-relevo. Cada um dos Cavaleiros de Touro teve, quase que exclusivo, um modelo em particular de armadura com detalhes que diferenciavam um das outras.

A armadura tem capacidade de absorver a luz solar e juntamente com as outras 11 armaduras de ouro pode liberar um poder igual ao do astro rei, como visto na destruição do Muro das Lamentações na Saga de Hades.

Somente ao atingir a temperatura do zero absoluto ( -273°C) ela pode ser congelada.

armadura-de-touro

A morte de Aldebaran de Touro

Na invasão dos Espectros de Hades, Aldebaran é pego de surpresa enquanto se recordava de Europa, uma pequena garota que havia encontrado com ele, Mu e Aiolia aos arredores do santuário e lhe entregou uma pequena flor.

Durante essa lembrança, o trapaceiro Niobe de Deep ataca Aldebaran com sua Fragrância Profunda. Ironicamente o nome de seu algoz é o mesmo da flor que Aldebaran segurava no momento, Clêmatis Niobe.

Sob os efeitos do golpe de Niobe, o cavaleiro ainda reúne forças para dar seu derradeiro ataque no inimigo.

Mesmo morto, o Cosmo do Cavaleiro de Touro ainda avisa Mu sobre o perigo e, graças a isso, o cavaleiro de Aries consegue bloquear o golpe do espectro com sua Muralha de Cristal. Mu não o ataca, e diz que não o fez, pois ele – o espectro – já está morto e explica que Aldebaran jamais morreria sem antes derrotar seu inimigo. Confira:

Aqui está um detalhe: Como Aldebaran morreu desta forma?

Pois bem… Mesmo ele tendo a capacidade de detectar o cosmo do inimigo, desta vez passou despercebido. Além de estar surdo, após ter perfurado seus tímpanos quando lutou contra Sorento, o Touro não foi capaz de perceber a presença de Niobe, pois uma das características dos espectros é que eles conseguiam “mascarar” sua energia.

Isso sem contar que a flor qual Aldebaran segurava no momento do ataque possuía o mesmo aroma do golpe de Niobe. Ou seja: o cavaleiro de touro estava surdo, não teve como sentir a presença do cosmo do espectro e seu olfato estava ocupado com a flor.. Quando percebeu seu inimigo, já era tarde demais.

Dublagem brasileira de Aldebaran de Touro

Na versão brasileira, Aldebaran teve sua voz emprestada por Ronaldo Sérgio de Cintra Casto, ou simplesmente Ronaldo Artnic, conhecido por ser “a voz da Álamo” que, além de dublar Aldebaran de Touro em Os Cavaleiros do Zodíaco, o ator dá vida as aberturas e narrações em séries, principalmente animes.

Artnic é ator, formado no curso de artes dramáticas da USP, advogado e tradutor e diretor de dublagem.  O nome Artnic é nome artístico sendo “Cintra” ao contrário.

Em agosto passado, Artnic deu uma breve entrevista a outro grande nome da dublagem Wendel Bezerra em seu canal no YouTube. “O cavaleiro foi o personagem mais importante que eu tive na carreira”.

Curiosidade do Aldebaran

Diferente do que muitos ouviram, ou leram, ao se tornarem Cavaleiros de Ouro de Touro os escolhidos não mudam seus nomes verdadeiros para Aldebaran. Esta é uma ideia equivocada e que se propagou  por conta de The Lost Canvas. No mangá, Hasgard ao se tornar o detentor da armadura muda seu nome para Aldebaran.

Mas como essa obra é um spin-off tendo sua história em universo paralelo, não podemos comparar a serie ao original. Isso fica evidenciado em outros mangás como Next Dimension, no qual o Cavaleiro de Touro é ‘Ox de Touro’, e uma geração anterior a Lost Canvas, o dono da armadura é Francisca (apesar de ser nome feminino, era um cavaleiro. O nome faz referência ao machado franco germânico usado na idade média.).

Tudo isso indica que o nosso brazuca Aldebaran é único! – e não um nome aplicado a todos que representarem a constelação.

Ainda em tempo, Aldebaran é nome da estrela mais brilhante da constelação de touro, e gigantescamente maior que o nosso Sol.  Se compararmos, é como se colocássemos uma bolinha de gude ao lado de uma bola de basquete.

Com informações de: Guia dos Quadrinhos, Saint Seiya Wiki e CDO

Autor

Compartilhe